“And the Mountains Echoed” – Khaled Hosseini

Khaled Hosseini é um escritor essencial nos dias que correm. Nos seus romances tem-nos trazido o lado desconhecido do Afeganistão, aquele que não nos mostram nas notícias. As raízes culturais brutais mas a naturalidade com que são encaradas. E a humanidade de um povo antes glorioso que é hoje visto com receio pelo Ocidente.

And the Mountains Echoed não é o melhor dos três. Os dois primeiros, The Kite Runner e A Thousand Splendid Suns têm um lugar muito especial no meu coração porque me abriram os olhos para um mundo e uma cultura que desconhecia completamente. Neste terceiro livro é dada maior importância à família e aos laços (ou falta de) que os unem. Abdullah é separado da irmã, Pari, com quem tem uma relação muito peculiar, ainda criança. Pari é vendida pelo pai a uma família abastada. Nunca mais se vêem e Pari cedo se esquece da família que deixou para trás. O livro segue então as consequências desta separação e as personagens que se vão descobrindo quando os mistérios do passado são revelados. A conclusão é esmagadora e confesso que me deixou com lágrimas nos olhos. Hosseini sabe contar uma história, transpôr para o papel ternura, amor, calor, humanidade, nostalgia.

A grande falha aqui para mim foi o foco em personagens em nada relacionadas com a família. O capítulo dedicado a Markos e Thalia podia ser cortado sem afectar de todo a história principal. Até ficaria agradecida se o tivesse sido feito. Sim, insere-se no tema do amor e aceitação familiares mas numa esfera totalmente diferente e, repito, sem relação com as personagens afegãs. A única inserção que achei adequada foi a do criminoso de guerra, por razões óbvias. Como ele devem haver milhares.

Concluindo, é um livro excelente mas não está ao nível dos dois anteriores. Mas vale muito a pena ler. É uma história que nos faz sentir e que nos dá uma vontade tremenda de dizer de imediato aos nossos pais o quanto os amamos e o quão estamos gratos por os termos na nossa vida porque muitos há que não têm essa oportunidade.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s